Quais frutas cachorro pode comer e quais não pode? Descubra aqui!

Quais frutas cachorro pode comer e quais não pode? Descubra aqui!

A preocupação com a alimentação dos pets, sem dúvidas, faz parte da vida de seus donos. Entretanto, além da tradicional ração, nem todos sabem quais são os alimentos corretos para dar a eles e garantir, assim, seu desenvolvimento. Neste sentido, fica a dúvida sobre, por exemplo, quais frutas um cachorro pode comer.

Para te auxiliar nesta questão, vamos tratar sobre alguns tipos de frutas que são benéficas para seu cão, bem como listar aquelas que representam um perigo iminente para eles se ingeridas.

Lista de frutas que cachorro pode comer

Assim como em nós humanos, para os cães, a ingestão de frutas também pode ser uma importante fonte de absorção de vitaminas e proteínas, que, por sua vez, serão úteis para a sua saúde ou até mesmo prevenção de doenças.

A partir disso, a respeito de quais frutas um cachorro pode comer, algumas delas são sugeridas para complemento de sua alimentação, tais como: 

  • maçã, 
  • banana, 
  • mamão, 
  • goiaba, 
  • melancia.

Entretanto, é importante ressaltar que, em alguns casos, deve-se tomar um cuidado especial com a forma de ministrar estas frutas aos cães, para prevenir que eles comam partes “desnecessárias” como é o caso das sementes.

Além disso, é extremamente recomendável que se tome cuidado também com a questão da quantidade de frutas dada aos seus pets, a fim de que não ultrapasse um limite aceitável.

Lista de frutas que cachorro não pode comer

Contudo, quando nos referimos à alimentação dos cães, nem tudo pode ser oferecido a eles, inclusive a questão das frutas. Isso acontece porque, em muitos destes casos, corre-se o risco de se ter problemas graves como intoxicações ou agravamento de doenças crônicas.

Considerando-se esta preocupação, podemos listar uma série de frutas que podem vir a fazer mal para os cães, tais como: 

  • abacaxi, 
  • laranja, 
  • uva, 
  • abacate.

Qual a quantidade de frutas que posso dar ao meu cachorro?

Em relação a esta questão, o mais recomendado é a busca por um médico veterinário que seja de confiança para avaliar as particularidades de seu cão.

Isso porque, com o amparo deste profissional, você terá mais tranquilidade a respeito da quantidade exata de fruta que seu pet pode ingerir, sem que isto venha a fazer mal para ele em um curto ou longo espaço de tempo.

Conclusão

Como podemos perceber, a ingestão de frutas por parte dos animais apresenta tanto pontos positivos quanto perigos, sendo que para evitá-los, além de uma ajuda profissional, é preciso que se tenha um cuidado em relação à qualidade dos alimentos que são fornecidos a eles.

Vale lembrar também que as frutas devem ser apenas um complemento para a alimentação. Não se deve abrir mão de uma boa ração para cachorro, pois elas é que fornecem os nutrientes e a proteína que eles precisam, por serem animais carnívoros.

Aqui, no ABC da Ração, você tem à sua disposição uma linha completa de rações, com procedência, preços e condições diferenciadas.  

Venha conhecer nossas opções e tenha acesso a produtos de extrema qualidade e garantia.